segunda-feira, 15 de março de 2010

Toda uma nova desgraça


Descobri agora e é a mais recente razão da minha batalha inglória contra estes cinco quilos extra que se apoderaram do meu corpinho desde o verão passado.
Resolvi partilhar na esperança que fiquem tão viciadas como eu. Talvez assim não seja a única orca este ano a rebolar nas areias do nosso querido Portugal.

8 comentários:

Coisa Boa disse...

Ainda bem que te leio!!!...Assim não vou experimentar!...sim...kilos já bastam os que eu ganhei nos ultimos 7 meses!!!
Beijinhos grandes minha querida!!!...

Anónimo disse...

Que engraçado amiga.....tens uma estratégia mt parecida com a minha aqui no trabalho.....trago montes de coisas doces todos os dias. Mas para toda a gente. Eu como, mas acabo por não comer tudo como aconteceria se não pusesse à disposição de todos.....acho que uma vez li qq coisa do género: "Engorda os que estão à tua volta. Assim não te sentirás tão gordo." E não é que resulta???
Bj gde!!
Que saudades!!!!!
Iolanda.

L.R. disse...

Se vieres para a praia comigo, podes descansar que o lugar de orca vai ser só para mim!!

I disse...

Lamento, mas terás concorrência, L.R.

L.R. disse...

Não vamos apostar, minha loira linda, vai por mim!!!

fd disse...

A primeira dose é à borla mas a segunda já é a pagar.

I disse...

hã?

fd disse...

Estava a tentar fazer uma analogia, pelos vistos mal conseguida, com as situações em que alguém tenta passar a terceiros o seu vício para ter algum tipo de “lucro”, em que primeiro aparecem as facilidades e depois os custos. Tinha estado a ver um episódio de uma série em que uns traficantes distribuíam droga gratuitamente para agarrar clientela, que nas segundas doses já tinha de pagar.

acerca da menina