terça-feira, 20 de novembro de 2007

O Escolhido

Até que em fim tomei uma decisão.
Andou a fazer-se difícil, mas eu agarrei-o.
Aparece-me sempre de calções de praia e tudo o que lhe peço é atendido sem grandes complicações nem dificuldades. Já alterei mil vezes as condições e ele sempre sem vacilar. Atrasa-se um bocadinho a dar respostas, mas a isso já estou habituada.
Começou logo a tratar-me por "tu" sem grandes salamaleques de circunstância.
Diz "vocêzes" e é o empreiteiro da minha obra.

4 comentários:

m disse...

e tu também sabes dar a volta quando queres! eh.eh

Inês disse...

yeaaaaaaaaaaaaaaaaaah

CB disse...

Cuidado com essa gente! O engenheiro que supervisionou a obra da minha casa, mandou fazer os furos do suporte das toalhas ( que eu exigi, pois tá claro), em cima do cano da água quente!
Ainda pensei que era eu que fazia estardalhaço no banho, mas vai-se a ver, era tudo por causa do artista! :)

I disse...

meeedoooo

acerca da menina