sábado, 4 de outubro de 2008

Vizintrometido

Tenho um vizinho que é amigo de um amigo de uma amiga minha. Demasiado excitadinho para o meu gosto, hoje encontrou-me a caminho do meu jogging:

- olá! Vais correr? Eu também gosto, podíamos combinar...
- eu corro sozinha, prefiro.

- eu não te ia incomodar, ficava calado para não perder o fôlego e...
- a sério, mesmo que encontre um desconhecido mudo de direcção.

- no outro dia vi-te de bicicleta, gostas de andar? eu sei uns caminhos giríssimos para passeios, podíamos...
- olha, tudo o que me vires a fazer sozinha é por gosto, não por falta de companhia. Agora vou andando, adeus.

- tens visto o...
- vais calar-te ou deixo-te a falar sozinho e desato a correr?

- ahaha (riso forçado) És antipática.
- só nos meus dias bons.

E para castigo, ligo os fones e um engraçadinho qualquer consegue a proeza de me fazer ouvir a buzina do carro. O senão de levar a música alta nos ouvidos é que, quando oiço alguma coisa vinda do exterior, terá potência suficiente para me fazer saltar de susto. Claramente mais hilariante do ponto de vista do utilizador.

3 comentários:

las evilhana disse...

É que é mesmo à "I". Até já estou a ver a tua cara. E farto-me de rir, só de imaginar!

Patrícia disse...

E tu és especialista nesses olhares!!!

Inês disse...

Olhar 31

acerca da menina