domingo, 16 de setembro de 2007

Tudo ou nada?

Anos a fio a dar só um bocadinho: para me proteger, de nada claro porque é igual e da mesma forma frustrante.
Ou então, a dar tudo e sentir que ofereci um leitão a um vegetariano.
Cadê a sintonia? Aquela em que o contexto e o "aqui e agora" fazem todo o sentido?

2 comentários:

Patrícia disse...

miga...vou pensar nesta tua reflexão!!!Baralhaste-me!!!!

I disse...

bem vinda à minha cabeça :)

acerca da menina